Se virando na produção Teatral de baixo orçamento


Olá, hoje vou abordar um assunto muito discutido no teatro cristão “A economia” em tempos de crise como o que vivemos, toda economia é bem vinda e como sabemos a maioria dos ministérios de teatro na igreja possuem um baixo orçamento para a realização de seus projetos/peças. Tendo em vista este fato, estarei mostrando como economizar reciclando ou usando coisas de baixo custo com um resultado maravilhoso:

PRIMEIRO TENHA EM MENTE O QUE DESEJA
Verifique o tamanho que terá disponível para criar seu cenário, converse com o diretor e fotografo da peça/evento para descobrir detalhes sobre a história e a iluminação.

Coloque tudo no papel ou faça um esboço/desenho daquilo que pretende. Jamais deixe de anotar uma idéia, com a correria do dia a dia facilmente esquecemos coisas. Então ANOTE TUDO!

VOCÊ PRECISA SABER QUAL O VALOR TERÁ DISPONÍVEL PARA INVESTIR
Saiba qual o real valor disponibilizado para a parte cenográfica, converse com o tesoureiro ou responsável pelas finanças. Somente após isso conseguirá detalhar quais materiais poderá comprar.

A grana está baixa? Calma, existe uma forma de conseguir fazer tudo dar certo! Vamos aprender a usar a mente para reciclar!

Primeiro feche os olhos e tente imaginar um objeto que substitua um trono. Conseguiu? Não! Vou ajudar! Hoje em dia muitos móveis são feitos de garrafa Pet e podemos usar ou quem sabe você tem vários pallets ou mesmo aquela linda cadeira na igreja que pedindo com carinho o responsável deixa utilizar, aí basta trabalhar o acabamento que pode ser com TNT, corinho, tecido, enfim com aquilo que você tiver disponível e pronto teremos um lindo trono para nosso cenário, a um custo bem baixo.

Existem vários vídeos ensinando a arte de reciclar as coisas, então porque não fazer uso da mídia?

Vou relatar uma experiência como exemplo:
Certa vez fiz a “Festa do Tabernáculo” e necessitei fazer réplicas em tamanho natural de vários objetos usados no tabernáculo. Porém o orçamento era muito baixo quase nulo, então diante desse desafio busquei alternativas com objetos que já possuía em minha casa ou que fossem baratos. Transformei minha mesa de cozinha na mesa de pães do tabernáculo com direito a pintura dourada e tudo, para a Arca da Aliança usei um daqueles baús de criança, prendi quatro argolas nas laterais e por elas passei cabos de vassouras longos, com isopor (também já possuía vários pedaços guardados) moldei os querubins e coloquei na tampa novamente pintei tudo de dourado e ficou lindo, para o incensário usei um cesto de roupas, forrei todo com TNT fiz os detalhes em isopor, fixei com cola quente e mais uma vez pintei de dourado. E por aí foi... Nosso ministério conseguiu realizar um lindo evento gastando quase nada, nosso maior gasto foi em tinta e tecidos.
Descrevi essa situação apenas para vocês entenderem que ás vezes basta uma boa olhada no que temos a mão e como podemos transformar aquele ou este objeto para fazer parte de nosso cenário. Como um dia um célebre homem disse:

“A imaginação é mais importante que o conhecimento. O conhecimento é limitado. A imaginação circunda o mundo”. 
 Albert Einstein

Em breve, eu farei uma LIVE na fanpage do ETAC, lá irei relatar mais sobre esse assunto e trocar idéias com vocês! Preparem suas perguntas e dúvidas!

Até!

Profa Marcia Menezes
Contatos:
puffmarc@hotmail.com whatsapp : 21 983517768

-------

Especializada em Maquiagem Artística e Cênica. Formada em Administração, Maquiagem Cênica e Caracterização – EAT Paulo Falcão, estudante de Direito. Professora de maquiagem da ETAC – Escola de teatro Arena de Cristo, Maquiadora do grupo Teatral Plenitude ADCG, Proprietária, Diretora e maquiadora da empresa Marpuff Makes. Dirigiu e coordenou a equipe de maquiagem na apresentação “Haja Luz”, Paixão de Cristo, Apresentação peça da Cristolândia, Apresentação de Natal infantil na Igreja Batista Atitude, Maquiou em companhias teatrais tais como Cia de Teatro Carioca, Ministério de teatro Shekináh IBNF, apresentou Workshop em diversos municípios do RJ.

Postagens mais visitadas