Bêbados, Drogados e Prostitutas… acho que já vi esta peça!

É com muito pesar que observo o teatro evangélico brasileiro. Não sou melhor do que ninguém, e confesso que existem realmente muito potencial em nossas igrejas. Mas, novamente, é com pesar que vejo a situação de hoje.
Creio que o teatro brasileiro não é capaz de colocar nos palcos nem 5% de todo o potencial que possui, nem se fala dentro das igrejas.
Basta você observar uma peça de teatro… é aquela coisa: “Arrasta as cadeiras…” “o negócio é
improvisar” “Bem, vamos assim, um será o bêbado, outro o drogado e outro a prostituta.” Sem falar, na figura básica do teatro evangélico: o Diabo e seus demônios. Quem nunca assistiu uma peça que envolvesse uma destas personagens acima, que ative a primeira váia! Pois eu já vi, e muitas!

Por que exploramos tanto estas figuras, quando Deus no dá um potencial muito grande de assuntos e temas que farão mais efeitos do que estas personagens gastadas? Não estou defendendo aqui que estas personagens não fazem efeito. Elas fazem sim, e muito até! Mas já não estamos cansados delas?

As vezes penso no potencial que temos Escondido nos bancos da igreja. Sei que ali há atores, diretores, escritores, cenógrafos, figurinistas e muitos roteristas escondidos. Todos, como que adormecidos. Esperando “não sei o que?” para agirem.

Mas ai você vai de dizer: “Poxa, até gosto de teatro, mas a minha igreja num dá apoio.” E eu te digo, que apoio você precisa? Financeiro? “Sim” - responde você – “Este é um deles, mas tem outros, como: figurino, respeito e etc.”

Como é que vamos conseguir algum apoio, financeiro ou outro qualquer se continuamos a fazer um trabalho “fraco” em termos de teatro. Ora, o apoio virá quando você começar a se dedicar com excelência ao Teatro. Veja bem, excelência não é perfecionismo, como muitos acham. Excelência é pagar o preco dia-a-dia, em oração, estudo e trabalho duro. Olhe para você mesmo, quantas vezes você tem parado para estudar teatro? Não digo apenas exercícios e cursos por ai. Digo profundamente, você realmente analisa a peça que está apresentando na igreja? É este tipo de assunto que você está abordando a necessidade da sua igreja? Quantas vezes eu apresentei peças sobre “Drogas” quando o problema da minha igreja era outro? Peguei uma peça pronta e fiz!

Acho que o Teatro evangélico precisa estar mais sintonizado com as necessidades da igreja. Chega de Bêbados, Drogados e Prostitutas… vamos observar realmente o que precisamos: Honestidade, Verdade, Amor, Hipocrisia, Falsidade, Relacionamentos, Vida santa. Coisas como estas que nossas igrejas estão deixando de fazer. Ai sim, você vai ter o apoio, não só do seu pastor, mas de membros que realmente estão mudando de vida. Fale sobre a “verdade” e dará uma lição às crianças, sobre “relacionamentos” e restaurá casamentos, sobre “vida cristã” e ganhará jovens para seu exército. Estude as peças que irá apresentar. Modifique, acrescente, e lembre-se do exército de pintores, carpinteiros, músicos e atores que estão sentados nos bancos. Use-os, pois se eles não estão sendo, o mundo os usará.

------------------------
Rogério Cericatto